No SXSW – série de conferências multitemáticas que acontecem anualmente no Texas – de 2019, a famosa psicoterapeuta belga e palestrante de TEDs incríveis, Esther Perel, lotou o auditório para falar de um tema que sempre acreditamos já estar dominado: nossas relações.

Esther abordou algo que tem preocupado cada vez mais o mundo do trabalho, pois nossos hábitos relacionais construídos ao longo da vida não desaparecem no momento em que entramos na porta do escritório. Esther mostrou que eles fazem parte de nossa inteligência emocional e constroem soft skills poderosas, cada vez mais requisitadas pelas organizações.

Acostumada a debater a relação entre casais no mundo inteiro, Perel viu a demanda sobre o assunto crescer nas empresas nos últimos anos até que lançou em 2018 um podcast específico para empresas: “Como está o Trabalho?” se divide em temporadas e episódios, todos com temas falando de relações nas organizações (Não há versão em português, mas vale a pena usar sua skill de línguas!) https://howswork.estherperel.com/

Na medida em que as habilidades técnicas – as tradicionais hard skills – vão aumentando, impulsionadas pela oportunidade de acesso das pessoas a cursos e aperfeiçoamentos, começamos a sentir cada vez mais falta das habilidades comportamentais que moldam nossa personalidade e nossa forma de lidar com várias questões no trabalho.

Conheça agora 3 Soft Skills que estão em alta e que surgem deste conceito apontado por Esther Perel:

  1. Colaboração: o espírito colaborativo nasce nas relações familiares, cresce nas relações afetivas e desemboca nas relações de trabalho. Trabalhar em grupo, encontrando o timing certo de agir nos ajuda a manter o espírito de equipe.
  2. Flexibilidade: aqui estamos falando de adaptação às mudanças Com certeza, já passamos por isso nas relações afetivas. E vamos trazer muito da forma como reagimos a essas mudanças.
  3. Comunicação eficaz: o quanto soubemos ouvir na maneira de nos comunicar na vida pessoal? O que trazemos do ambiente familiar ou de casal? Essa performance emocional vai nos guiar no mundo do trabalho, dependendo do quanto estamos sendo sinceros conosco.

Estas habilidades que crescerão na medida em que enfrentarmos nossos pequenos monstros pessoais, serão cruciais para se ter foco, motivação e para colaborar de maneira produtiva no mundo trabalho. Mãos à obra!

Imagem: Freepik

Faça um Comentário

WhatsApp chat